Aldir Blanc

Maça Tatuada

Aldir Blanc

chords Advanced advanced

by  LUCICAMARGO

save to print version add songbook text version e-mail correct tuner
chordsukulelecavacokeyboardtabbassdrumsharmonicaflute Guitar Pro
close

there isn't a video lesson for this song

chords

Maça Tatuada

	  		Intro G#7(5-) 

        G7M       A7(4/9)  A7(9)   F#m7/9  B7(13)  B7(13-) 
Numa esquina de Copa ficava parada alvejada pelas setas do vício 
   G6/B            A7(13)  A7(13-)          F#m7(5-)   B7(9-)  Dm6/F 
E o início tinha sido divino:        um amante latino 
            G6/B               A7(13)                     F#m7      B7(9-)  Dm6/F 
Sua boca vermelha, a maçã tatuada sobre o ombro à sombra de veludo 
  G6/B       F#m7          G7M          A7(4/9)     D7M(9)  G#7(5-)  
A pele onde um homem que é nada pensa que é capaz de tudo 

                  G7M                 A7(4/9)   A7(9)             F#m7          B7(9-)  Dm6/F 
Entre o ouro e a miçanga ofegava a audácia,            entre a joalheria e a farmácia 
                     G6/B           A7(13)     A7(13-)        F#m7(5-)  B7(9-)  Dm6/F 
Entre ser a nova estrela da Banda           e uma filha de Umbanda 
                 G6/B                   A7(13)    A7(13-)            F#m7        B7(9-)  Dm6/F 
Toda vez que as pestanas castanhas batiam            o olhar trocava mil slides 
    G6/B        F#m7          G7M            A7(4/9)   D7M(9)  F#7(13-) 
Na praia, na lambada, com a amiga que já faleceu de Aids 

     F#7(13)       Bm7            C#7                  F#m7  C#7 
E na bolsa quando ia ao toalete, a gilete, o sempre-livre 
           F#m7      B7         Em7(5-)    A7(13)             D7M(9)  F#7(13-) 
E o chiclete importado o velho exemplar do despertar de algum mago 
    F#7(13)         Bm7             C#7         F#m7 
O apelido que não posso esquecer: a Jezebel da Duvivier 
G6/B      F#m7     G7M               A7(4/9)       F#m7     B7(9-)  Dm6/F 
Saiu assassinada na manchete entre a greve e os motins urbanos 
   G6/B      F#m7         G7M           A7(4/9)       D7M(9) 
Chamava-se Moema, era morena, e tinha apenas treze anos 

( G#7(5-)  D7M ) 
		  

Full key step upFull key step up
Half key step upHalf key step up
Half key step downHalf key step down
Full key step downFull key step down
auto scroll beats size up size down change color hide chords simplify chords drawings columns
tab show chords e-chords YouTube Clip e-chords hide all tabs e-chords go to top tab

share