André Teixeira

O Espinho Chords

André Teixeira

Difficulty: IntermediateIntermediate

by aleffederico

tuner correct add songbook print version text version save to e-mail
chordsukuleleukulelecavacokeyboardtabbassdrumsharmonicsflute Guitar Pro
close

there isn't a video lesson for this song

chords

O Espinho

  		
Intro: Am F Dm E7 Am 

Am                          Am6 
Espinhos são tantos, pra os olhos da alma... 
    F7M/A            Am6 
Em todos sentidos por buenos ou não, 
     Dm/F                 E7 
São gestos que habitam o nosso inconsciente 
Dm/F           G         C      Cm 
E se manifestam pelo coração. 

                        Gm                   A# 
Mal comparando é o malo na flor da tropilha 
                      C              Am 
Não sabe formar e se faz de sinuelo, 
                         Am7M           Am7 
É o espinho da farpa do arame em divisa 
                               D/F#    F 
Guardando ressábios em forma de pêlo. 

                            C          Gm 
Também é querência na lança em vigília 
                            D#7M/G 
- É arma bendita debaixo da asa - 
                               Edim 
Escorando o campo em gritos de pampa 
                             Am 
Revôo e puaço em defesa das casa. 
         Dm                 E7 
Revôo e puaço em defesa das casa. 

  A               C#m               F#m 
O tempo nos cobra e revela segredos 
                     C#m 
Nas marcas que ficam, o motivo comum... 
F#m                 C#m 
Se até lindas flores têm garras de espinhos 
F7M                         C 
- Quem disse que o homem não pode ter um? 

(F7M F7M F7M F7M Dm Dm E7 E7/G#) 

Am                    Am6 
São pontas que choram na voz de rosetas 
     F7M/A       Am6 
- É o aço calado virando o carnal - 
Dm/F             E7 
Será o pé da cruz encravado na terra 
Dm/F                  G           C      Cm 
Mostrando onde a vida encontra o final. 

                        Gm                   A# 
Mal comparando é o malo na flor da tropilha 
                      C              Am 
Não sabe formar e se faz de sinuelo, 
                         Am7M           Am7 
É o espinho da farpa do arame em divisa 
                        Dm/F          F 
Guardando ressábios em forma de pêlo. 

                            C          Gm 
Também é querência na lança em vigília 
                            D#7M/G 
- É arma bendita debaixo da asa - 
                               Edim 
Escorando o campo em gritos de pampa 
                             Am 
Revôo e puaço em defesa das casa. 
         Dm                 E7 
Revôo e puaço em defesa das casa. 

  A               C#m               F#m 
O tempo nos cobra e revela segredos 
                     C#m 
Nas marcas que ficam, o motivo comum... 
F#m                 C#m 
Se até lindas flores têm garras de espinhos 
F7M                         C 
- Quem disse que o homem não pode ter um? 

Am                   Am7M            Am7 
O tempo nos cobra e revela segredos 
                         D/F#           F 
Nas marcas que ficam, o motivo comum... 
                           C 
Se até lindas flores têm garras de espinhos 
       Dm/F                           E7   Dm 
- Quem disse que o homem não pode ter um? 
             E7/G#     Am F Dm E7 Am 
Não pode ter um... 
	  

Full key step upFull key step up
Half key step upHalf key step up
Half key step downHalf key step down
Full key step downFull key step down
auto scroll beats size up size down change color hide chords simplify chords drawings columns
tab show chords e-chords YouTube Clip e-chords hide all tabs e-chords go to top tab

share with facebook

Search Paypal