Deco Dalponte

Lá No Porão Do Meu Nono

Deco Dalponte

keyboards Easy easy

by  IRONPOWER4EVER

save to print version add songbook text version e-mail correct tuner
chordsukulelecavacokeyboardtabbassdrumsharmonicaflute Guitar Pro
close

there isn't a video lesson for this song

chords

Lá No Porão Do Meu Nono

	  		C                   G                     C  
La no porão do meu nono nós brincava a reveria 
              G                    C 
Lugar de pura vida e cheio de alegria 
                   G                         C                                                
Sempre com muita fartura pois lá de tudo se tinha 
                F       G              C  
O porão do meu nono é relíquia da vida minha 

                    G                             C 
Tinha leite, tinha queijo, torresmo, salame e vinho 
                G                       C   
Vinagre de uva, ovo, banana, moranga e ninho 
                 G                        C 
De galinha e de rato, saco de rafia e de estopa 
                  G                              C 
Tinha bota, tinha roupa, de ir pra roça, de ir pra lida 
                 F               G            C 
Quanta coisa no porão, lindo armazém da minha vida 

                       G                         C                    
Milho, corda, palha e facão, martelo, prego e navalha 
              G                        C 
Parolo para polenta, rede tarrafa e caniço 
                  G                        C 
Tinha morcilha e xoriço, tinha o taxo o panelão 
              F         G                C 
Tudo tava no porão me lembro muito bem disso 

               G                    C 
Balaio melão abobora xuxu tomate pimenta 
                G                       C 
Feijão pipoca manguá e a saudade só aumenta 
                   F                       C 
De quando o nono descia pra buscar um melancia 
                G                           C 
E tão logo ele subia com a mais doce e suculenta 

                   F                         C 
No porão que eu brincava tinha sal tinha mandioca 
                  G                          C 
Açúcar pinga em garrafão e tudo pra velha carroça 
                  F                           C 
Lugar lindo e abençoado de chão batido e de pedra 
                   G                             C 
A infância foi só riqueza alicerce que não se quebra 

C               G                      C 
Tinha canga e pelego cabeçaio cunha e mola 
             G                        C 
Roda arado isopor carne seca banha em lata 
                    G                     C                       
Chapéu tesoura candiero liquinho mel e gaiola 
          F             G         C 
Arapuca ratoeira muito saco de batata 

C                  G                      C 
De tudo que era qualidade semente ali se guardava 
                   G                       C 
Esfregão porongo e cha, barra de gelo e serragem 
                  G                         C 
Ali se guardava a nata e outras coisas da cidade 
                F                     C 
Que pudessem estragar e tinham prioridade 
               G                    C 
Era assim a geladeira sem ter eletricidade 

                   F                    C 
No porão la do meu nono sacol copa e linguiça 
             G                              C 
Aromas inconfundíveis que a saudade mais atiça 
                    F                     C 
A pipa o barril de vinho canzil boçal saraqua 
                  G                    G                          C 
Soiteira couro curtido caneco veio retorcido, que agua na boca me da 


                        G                        C                                                        
Tarro de leite havio e fumo ferro a brasa pra passar 
                        G                    C                                                 
Garrafa velha litro de óleo querosene pra queima 
                      G                  C 
Liquinho funil e a estrada era só atravessar 
                        F          G           C 
 Pra tomar um banho de rio o que saudade que me da 

                   G                      C 
Bem na frente da entrada tinha um pé de sarandi 
                    G                        C 
Sua sombra e seu perfume sinto hoje ainda aqui 
                         G                           C  
Não tive em lugar mais calmo que o porão la do meu nono 
                 G                        C 
Repleto de coisa boa era o armazém do colono 
             F      G                         C 
Alegria e aconchego    como os braços do seu dono 

                 G                    C 
Tudo que se precisava estava a disposição 
                 G                     C 
Era só descer a escada e buscar la no porão 
               G                  C 
A gente ali brincava era pura diversão 
                G                     C 
Minha mente se alegra se alegra meu coração 
               F                     C 
Minha alma se entrega e voa na imensidão 
                   G                     C 
De lembranças de riquezas de valores e então 
                          F           G           C 
Do meu nono abrindo a porta e nos chamando pro porão 


                           G                         C 
A palha a linha, o cabo o prego sempre duplo a garantir 
                  G                      C 
Agulha de ferro antido seu rosto sempre a sorrir 
                  F                     C 
Sues causos e sua voz em minha memoria ecoa 
                  G                     C 
Enquanto ele trabalhava nos ficava ali atoa 
               F                              C 
Aprendendo e observando meu deus quanta coisa boa 
                G                        C 
Daquele porão saíram as mais famosas vassouras 

                   F                       C  
No porão tinha de tudo eu me lembro bem e como 
                         G                     G  
Mas a melhor coisa que tinha riqueza da vida minha 
                  C G C 
Era você amado nono 
		  

Full key step upFull key step up
Half key step upHalf key step up
Half key step downHalf key step down
Full key step downFull key step down
hide glossary

See also:

chords Clarice Falcão - Macaé chords Nechivile - Amor sem fim chords Nechivile - Por toda vida chords Pablo - Tomara chords Ivo Mozart - Anjos De Plantão (part. Doncesão) chords Canção Nova - A Minh'alma Tem Sede De Deus
e-chords

Other versions:

keyboards Deco Dalponte - Lá No Porão Do Meu Nono
auto scroll beats size up size down change color columns
tab show chords e-chords YouTube Clip e-chords hide all tabs e-chords go to top tab

share