Fausto Bordalo Dias

O Barco Vai De Saida

Fausto Bordalo Dias

chords Intermediate intermediate

by  IRONPOWER4EVER

save to print version add songbook text version e-mail correct tuner
chordsukulelecavacokeyboardtabbassdrumsharmonicaflute Guitar Pro
close

there isn't a video lesson for this song

chords

O Barco Vai De Saida

	  		

Intro  A  D  A  D 
                             


              A                 A7           D 
O barco vai de saída , adeus ó cais de Alfama,  se agora vou de partida 

                   A         A7 D                                 
Levo-te comigo ó cana verde, lembra-te de mim ó meu amor 
                         A            A7       D 
Lembra-te de mim nesta aventura, pra lá da loucura,   pra lá do Equador. 

                     A               A7                D 
Ah! mas que ingrata ventura bem me posso queixar,      da pátria a pouca fartura 
                        A          A7    D 
Cheia de mágoas, ai quebra mar!, com tantos perigos, ai minha vida! 
                      A                     A7          D 
Com tantos medos e sobressaltos, que eu já vou aos saltos,    que eu vou de fugida. 


    C#                   F#m C                 Dm 
        Sem contar essa história escondida,    por servir de criado a essa senhora 
        A               Bm 
        Serviu-se ela também tão sedutora 
                      F# A              D 
        Foi pecado, foi pecado  -         e foi pecado sim senhor 
          chA          D                          
        Que vida boa era a de Lisboa 


Gingão de roda batida, corsário sem cruzado, ao som do baile mandado 
Em terras de pimenta e maravilha, com sonhos de prata e fantasia 
Com sonhos da cor do arco-íris, desvairas se os vires, desvairas magia 

Já tenho a vela enfunada, marrano sem vergonha, judeu sem coisa sem fronha 
Vou de viagem ai que largada, só vejo cores, ai que alegria 
Só vejo piratas e tesouros, são pratas são ouros, são noites são dias 

        Vou no espantoso trono das águas, vou no tremendo assopro dos ventos 
        Vou por cima dos meus pensamentos 
        Arrepia, arrepia - e arrepia sim senhor 
        Que vida boa era a de Lisboa 

O mar das águas ardendo, o delírio dos céus, a fúria do barlavento 
Arreia a vela e vai marujo ao leme, vira o barco e cai marujo ao mar 
Vira o barco na curva da morte, olha a minha sorte, olha o meu azar 

E depois do barco virado, grandes urros e gritos, na salvação dos aflitos 
Esfola, mata, agarra, aii quem me ajuda, reza, implora, escapa, ai que pagode 
Reza tremem heróis e eunucos, são mouros são turcos, são mouros acode 

        Aquilo é uma tempestade medonha, aquilo vai p´ra lá do que é eterno 
        Aquilo era o retrato do inferno 
        Vai ao fundo, vai ao fundo - e vai ao fundo sim senhor 
        Que vida boa era a de Lisboa. 
		  

Full key step upFull key step up
Half key step upHalf key step up
Half key step downHalf key step down
Full key step downFull key step down
hide glossary

See also:

chords Rui Veloso - Todo o tempo do mundo chords Rui Veloso - Bairro Do Oriente - Songbook chords Música Popular Portuguesa - Bailinho da Madeira chords Música Popular Portuguesa - Rosa arredonda a saia chords Música Popular Portuguesa - Laurinda chords Música Popular Portuguesa - Malhão
e-chords

Other versions:

chords Fausto Bordalo Dias - O Barco Vai De Saida
auto scroll beats size up size down change color hide chords simplify chords drawings columns
tab show chords e-chords YouTube Clip e-chords hide all tabs e-chords go to top tab

share